Loirinha do tráfico é executada em Rondônia após tentar deixar o PCC

Karina Regiane de Assis Mauricio, vulgo ‘Ariela, a Loirinha do tráfico’, foi executada com ao menos 13 tiros na quarta-feira (07/02), na rua Bolícia, em Ariquemes, Rondônia. Segundo vizinhos, a mulher tinha chegado na região recentemente. O crime pode ter relação com a guerra entre facções.

Conforme a Polícia Militar de Rondônia, a mulher teria sido abordada por uma dupla em uma motocicleta, que chegou e atirou contra a moça. Populares acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), porém, Loirinha morreu no local, antes da chegada do socorro.

Um vídeo que circula nas redes sociais, gravado no final do ano passado, mostra a vítima afirmando sua intenção de deixar de colaborar com o Primeiro Comando da Capital (PCC) e migrar para o Comando Vermelho (CV), uma mudança que poderia ter desencadeado represálias por parte de sua antiga facção.

A Polícia Civil (PC-RO) investiga o caso.


0

Publication author

offline 6 horas

MAJOR

2 781
💀Nosso sorriso para os invejosos funciona como o brilho do sol para um vampiro. Acaba com a vida deles.
Comments: 18Publics: 2906Registration: 14-07-2022
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

2 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Claudinis

Sem noção

0
The killer

essa já foi tarde até demais

0