Assassinos do Grupo Escorpião (braço armado do Cartel do Golfo) interrogam e executam um golpista em San Luis Potosi no México

«Em San Luis Potosí, um homem que se dedicava a cometer fraudes com veículos adquiridos através de cheques sem fundo, que tinha um cartão desaparecido, foi morto por indivíduos armados do Grupo Escorpião do Cartel do Golfo (CDG). através de um vídeo que circulou no Twitter/X, em que vários membros do Grupo Escorpión são vistos interrogando um homem e uma mulher, que estavam ajoelhados e com as mãos amarradas nas costas em uma cidade de “El Naranjo”.

Google tradutor…

“Qual é o seu nome?”, perguntou um dos homens armados. O interrogado – que vestia uma camisa pólo cor de areia – se identificou como Hugo Alejandro Vargas Correa e disse ser natural da Cidade do México (CDMX).Diante de uma série de perguntas, Hugo Alejandro indicou que estaria supostamente empenhado em cometer fraude em vários estados. Mencionou que trabalhava para um sujeito identificado como “Coria”, que lhe dizia para onde deveria ir.

“Dedico-me a ‘descarregar’ carrinhas através de transferências interbancárias sem fundos (…) opero com ‘Coria’. Ele faz contato pelo Facebook. Depois é só me dizer para qual estado ou município devo ir”, disse o indivíduo questionado, acrescentando que no total teve 14 veículos furtados. Essas ações foram realizadas, segundo suas declarações, nos estados de Michoacán, Guanajuato e San Luis Potosí. Nesta última entidade atuou em Ciudad Mante, Ciudad del Maíz e El Naranjo.

Após os questionamentos, Hugo foi assassinado com arma de fogo, como visto em outros vídeos mais longos. Depois disso, o comando armado se identificou como “Grupo Escorpião” e alertou que isso iria acontecer com pessoas que cometem fraudes em terras de Potosí.

No material que foi divulgado nas redes sociais, não fica claro o que aconteceu com a outra mulher que aparece no vídeo, portanto sua identidade é desconhecida. Nesse contexto, foi revelado que Hugo Alejandro tinha antecedentes criminais. Autoridades CDMX. O boletim indicava que desde 5 de novembro seu paradeiro era desconhecido.

Foi indicado que o local de sua perda ocorreu no bairro de San Juan Xalpa, na prefeitura de Iztapalapa. Na ocasião, Hugo vestia jaqueta azul marinho, calça preta e tênis da mesma cor.De acordo com dados divulgados pela Promotoria Especial de Busca, Localização ou Investigação de Pessoas Desaparecidas (FIPEDE), Hugo tinha 46 anos. velho.


0

Publication author

offline 3 horas

MAJOR

2 471
💀Nosso sorriso para os invejosos funciona como o brilho do sol para um vampiro. Acaba com a vida deles.
Comments: 18Publics: 2607Registration: 14-07-2022
Subscribe
Notify of
guest

2 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Daniel schrel

Vontade de fazer o mesmo com uma golpistas que me ligaram mais a polícia me prende por crime contra esses mimados

0
gure48cd

podia esfregar esses vídeos na cara dos golpistas brasileiros pra eles borrarem nas calças

0