Patrulheira foi assassinado quando andava de moto em uma rua do bairro do Calixto, na Colômbia

As ocorrências foram registradas na tarde do dia 2 de agosto de 2023, quando a mulher uniformizada foi interceptada por pistoleiros enquanto aguardava em frente a um semáforo da região.

Google tradutor…

Um novo acto de violência consternou os habitantes de Neiva (Huila). Uma patrulheira da Polícia Nacional, identificada como Paula Cristina Ortega Córdoba, foi assassinada quando conduzia uma motocicleta por uma das estradas do bairro de Calixto. A fardada seguia em direção ao CAI Ipanema, onde se apresentaria para fazer a passagem de plantão com alguns colegas.

As ocorrências foram registadas na tarde do dia 2 de agosto de 2023, na Rua 8 com a Carrera 18 na capital da Huíla. A vítima estava em frente a um semáforo vermelho quando pistoleiros em uma motocicleta a interceptaram e, sem dizer uma palavra, atiraram várias vezes nas costas dela, deixando-a gravemente ferida. Assim que o semáforo ficou verde, os criminosos fugiram do local, e foram flagrados por uma câmera de segurança do setor.

Alguns minutos depois, os paramédicos chegaram ao local onde foram registradas as ocorrências e transferiram a vítima para o Hospital Universitário Hernando Moncaleano Perdomo. Apesar dos árduos esforços do pessoal médico que permaneceu no centro de atendimento, a mulher uniformizada morreu devido à gravidade dos ferimentos gerados após os disparos.

A área onde os fatos foram registrados foi isolada por membros da força pública que vieram atender o ocorrido, enquanto as autoridades realizam as investigações pertinentes para esclarecer as causas do ataque contra a mulher uniformizada. Além disso, a Polícia Metropolitana de Neiva acionou um Plano Cadeado em toda a cidade para descobrir o paradeiro dos assassinos.

Nos vídeos captados pelas câmeras de segurança do setor, observa-se que os assassinos estavam se mobilizando em uma motocicleta preta e verde. O motorista do veículo trajava uma camisa que aparenta ser vermelha e calça cinza. Por sua vez, o copiloto, que teria sido quem atirou na mulher uniformizada, trajava um paletó azul com listras brancas nas laterais, além de calça estilo jeans e tênis preto.

A Procuradoria-Geral da República havia alertado sobre a possibilidade de os dissidentes das Farc terem executado um Plano de Armas, medida que havia sido ordenada pelo Comando Central da estrutura criminosa. No entanto, foi descartado pela Polícia Nacional, apesar de o General de Brigada Carlos Humberto Rojas Pabón ter dado ordens aos oficiais uniformizados da instituição para salvaguardar sua vida e integridade, em eventos registrados na noite de 1º de agosto de 2023.

A mulher uniformizada assassinada, identificada como Paula Cristina Ortega, era mãe de uma menina de 8 anos. Além disso, ela havia ingressado na instituição em setembro de 2021, quando foi internada na Escola Policial da Província de Sumapaz. Desde agosto de 2022, ela trabalha como viatura da Polícia Metropolitana de Neiva. De fato, a agente havia recebido seis parabéns por seu alto desempenho profissional desde sua chegada à Polícia Nacional.

As autoridades não descartam a possibilidade de o crime ter sido perpetrado por integrantes das Farc, tendo em vista que a Ouvidoria lançou nas últimas semanas um alerta denunciando a presença da estrutura criminosa em Neiva, bem como nos municípios de Baraya e Tello.

0

Publication author

offline 18 minutos

MAJOR

2 781
💀Nosso sorriso para os invejosos funciona como o brilho do sol para um vampiro. Acaba com a vida deles.
Comments: 18Publics: 2893Registration: 14-07-2022
Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

3 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
xororó dorminhoco

depois que a polícia sai matando todo bandido que vê pela frente vão querer falar de direitos dos manos

0
Osama Bin Laden

Ela era gostosinha.😁

0
IgorNihil

Os vermes e micróbios concordam com você 💩

0