Mulher assassinada a tiros em Pongan vallenato no Equador

A universitária foi atingida por uma bala que, aparentemente, não era destinada a ela. Aconteceu no bairro Cantón Baba, segundo a mídia daquela cidade.

Google tradutor…

As autoridades equatorianas estão a tomar medidas devido às situações de violência e insegurança que ocorreram nas últimas semanas. Na província de Los Ríos, uma das mais afetadas, as instituições voltaram às aulas virtuais.

A Polícia realiza operações de controle em diversas áreas, além de batidas domiciliares, evitando novos ataques de pistoleiros. Um desses ataques deixou Leidy Carvajal Jiménez, 27 anos, morta.

A universitária foi atingida por uma bala que, aparentemente, não era destinada a ela. Aconteceu no bairro Cantón Baba, segundo a mídia daquela cidade.

Para resolver esta questão e adoptar medidas para combater os índices de criminalidade, Jael Melo, presidente da Câmara de Baba, solicitou uma reunião com as diversas autoridades locais e provinciais. Na Mesa de Segurança foram estabelecidas estratégias que serão anunciadas nas próximas horas.

Sobre Leidy, soube-se que, há poucos dias, ela publicou em suas redes sociais uma mensagem premonitória sobre sua morte. A mensagem dizia “quando eu for embora é só tocar essa música: ‘Vou te amar’, em vallenato, e ‘É difícil te esquecer’ de Don Omar (regetonero), também ‘Ontem e hoje’ , em vallenato, o resto o que quiser, mas vallenato, lembre-se, eu adoro vallenato”, disse a jovem.

0

Publication author

offline 20 minutos

MAJOR

2 761
💀Nosso sorriso para os invejosos funciona como o brilho do sol para um vampiro. Acaba com a vida deles.
Comments: 18Publics: 2845Registration: 14-07-2022
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments