Suposto líder de gangue criminosa é assassinado com a filha em Mocache no Equador

No cantão de Mocache, na província de Los Ríos, Julián Sevillano foi assassinado por pistoleiros.

O crime foi registrado na manhã desta quarta-feira, 13 de setembro de 2023, quando o homem estava com a filha.

A menor também morreu.

Google tradutor…

Como resultado do ataque armado, um homem, que trabalhava como seu segurança, ficou ferido.

Segundo a imprensa nacional, Sevillano se identificou comolíder da bandaLos Fatales, alinhados com Los Choneros.

O homem de 39 anos se autodenominou Julián ‘El Fatal’.

Segundo informações de testemunhas, homens armados com fuzis atiraram em Sevillano e em sua filha, que ficou ferida, mas morreu em uma casa de repouso.

Agentes da Unidade de Mortes Violentas chegaram ao local docrime, mas os familiares do falecido não permitiram a transferência do corpo para o necrotério e o levaram por conta própria.

Sevillano tinha antecedentes de homicídio, homicídio culposo e associação ilícita.

Em maio de 2015 foi detido pelo assassinato do então vice-prefeito de Mocache, Bolívar Cordero Candelario, 57, e de seu filho, Yogar Cordero Molina, 35, porém, meses depois foi libertado.

0

Publication author

offline 53 minutos

MAJOR

2 561
💀Nosso sorriso para os invejosos funciona como o brilho do sol para um vampiro. Acaba com a vida deles.
Comments: 18Publics: 2743Registration: 14-07-2022
Subscribe
Notify of
guest

2 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
gore48cd

infelizmente quem entra no mundo do crime acaba assim

0
Fabio Gabriel

Quem faz sangue, paga com o sangue.

0