MULHER MORRE APÓS SER ESFAQUEADA AO TENTAR SEPARAR BRIGA NA ZONA OESTE DO RJ

Patrícia Cristina Barbosa foi socorrida por vizinhos, mas não resistiu aos ferimentos.

Uma mulher foi esfaqueada depois de uma briga envolvendo uma das filhas dela na comunidade do Aço, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, nesta quinta-feira (11). Patrícia Cristina Barbosa foi socorrida por vizinhos, mas não resistiu aos ferimentos.

Policiais da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) pediram a prisão de quatro suspeitos de envolvimento na morte dela.

Segundo familiares, quatro pessoas seguraram Patrícia e a esfaquearam. Uma das pessoas envolvidas seria atual namorada do ex-genro da vítima, que é pai da neta dela. Pouco antes disso, a filha dela, identificada apenas como Carolina, havia se envolvido em uma briga com essa mesma mulher.

A família afirma que Carolina se desentendeu com o ex por causa do atraso da pensão alimentícia. Em seguida, a atual mulher dele se envolveu na discussão, e é nesse momento que elas se agridem a tapas, socos e puxões de cabelo.

Uma outra filha afirma que depois da briga, eles foram embora, mas acabaram voltando.

“A gente achou que já estava tudo calmo, mas ai ele voltou com a atual, a mãe e a irmã. Minha mãe estava no salão fazendo a unha porque ela fez aniversário esses dias. A festa dela ia ser sábado”, contou Karen Barbosa.

Seria nessa hora que a mulher foi ferida.

“Já estava tendo uma confusão de novo e ela começou a correr pra ver o que estava acontecendo. Foi nessa hora que deram com um bambu na cara da minha mãe. Depois disso já começaram a dar facada. Uma segurou ela enquanto a outra dava mais facadas”, disse.

Segundo Karen, outras pessoas foram agredidas na segunda briga.

“O ex ainda deu um mata-leão na minha irmã dizendo que ‘isso é culpa sua, se você não tivesse feito isso, nada tava acontecendo. É tudo culpa sua’, enquanto minha irmã assistia tudo”, afirma a filha.

Depois das agressões, Patrícia foi levada por vizinhos para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu.

A ocorrência foi registrada na DHC, que investiga o caso e já pediu a prisão dos quatro envolvidos que foram identificados. A perícia foi feita no local, e testemunhas foram ouvidas.

Até a publicação desta reportagem, não havia informações sobre os presos.

O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal Afrânio Peixoto para reconhecimento dos familiares.

Fonte: RJ


0

Publication author

offline 11 horas

MAJOR

2 561
💀Nosso sorriso para os invejosos funciona como o brilho do sol para um vampiro. Acaba com a vida deles.
Comments: 18Publics: 2748Registration: 14-07-2022
Subscribe
Notify of
guest

2 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
IgorNihil

Coroa ainda tava com o corpo maneiro.

0
Jklm

Nem me diga, dava pra vender

0